quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Não sou poeta...



Não sou poeta. Sou desejo e sentimentos...
Pois, sou. Assim como qualquer um que habite esse nosso planeta.
Assim como qualquer um que esteja vivo.
Assim como qualquer um que ame, sorria, chore e seja amado...
Não sou poeta...
Repito, não sou poeta.
Sou somente um homem curioso, descobridor (ou não) das coisas que vim buscar.
Um homem feliz. Pensativo e risonho...
Um homem chorão.
Alguém inundado de duvidas.
Sol, Lua e paixão.
Chuva fresca e trovão e um sem fim de arrepios e de bons desejos.
Esse sou eu...
Desejo e sentimentos, muito prazer.

Um beijo grande,
Maü Cardoso. 

5 comentários:

  1. Muito bom, gostei muito!

    ResponderExcluir
  2. Querida Má...
    Muito obrigado pelas palavras.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Beijo grande,
    Maü Cardoso.

    ResponderExcluir
  3. És poeta
    Eu atesto que sim!
    Se poeta é quem nos lê a alma
    Se poeta é quem nos mostra o interior do ser
    Se poeta é quem traduz o amor
    Se poeta é quem extrai beleza da tristeza
    Se poeta é quem faz mágica com palavras
    Digo que sim
    És poeta sim!

    bjs
    Borboleta

    ResponderExcluir
  4. Borboleta, querida...
    Amei seu carinho e suas doces palavras.
    Aliás, estava morrendo de saudades de você.
    Mas, não me sinto poeta. De verdade...
    Me sinto assim, de um jeito tão simples
    em relação aos meus textos e poesias.
    Simplesmente, um cara que gosta de escrever.
    Só isso...
    Mas, eu amei esse seu carinho e esse seu
    comentário. Por isso, venha mais.
    Venha sempre.
    Esse blog se sente muito feliz com sua visita.
    Um beijo muito grande,
    Maü Cardoso.

    ResponderExcluir